terça-feira, setembro 26, 2006


FOI VOCÊ QUE PEDIU UM PÊSSEGO ?

...SABE COMÊ-LO ?...

Chegou com um ar desiludido , sorriso fechado ,gestos tensos –em completa «fossa» :

-Então como vai a bizarria ? :- disparei …

-Ácida ,amarga .-monótona, retorquiu .Uma pessegada ! Os Homens começam a ser uma raridade pouco ao alcance de quem vai ficando sobrecarregada com aniversários -que ainda festejamos e que mais razões tínhamos ,era ,de os lamentar …


Deixa –Te de pieguices : atalhei .
E para que sorrisse lá lhe fui dizendo .

Por falares em fruta :-Olha que ainda és um bom «pêssego» ! Anima-te !...
Sabes (?) : há dois tipos de pêssegos .Uns lindos por fora ,charmosos ,gulosos :já vi muito gente deles se fartarem à primeira trincadela .Sensaborões …Verdes ...E olha que não é a fábula da «raposa» ...

Depois, há os que mantêm a atracção ; macios por fora ao tacto, e quando se trincam ,para além de muito doces , são polpa apetecida.Desfazem-se em gostusura .Húmida.Apetece ir até ao fim.
Um bom «pêssego» deve-se comer á trincadela e nunca -nunca !- descascado com faca.Com dentadas suaves ou esfomeadas, vamos avançando e eles derretem-se na boca , fazendo soar as campainhas que ainda dentro de nós se dispõe a festejar, a ditosa sobre –vitualha…

Ora, deves, é reparar , que os «pêssegos» verdes exibem-se na praça pública ,em caixotes, ás dúzias ,alardeando impúdica oferta .Um «pêssego» –um bom« pêssego!» - ,sugere-se em oferta intima –mesmo que misturada com outra peças -numa taça de cristal onde faz valer o seu perfume .E a sua macieza .E mesmo que ao toque não seja tão durinho ,isso mesmo é a sua virtude ,convidando à trincadela…


Vi-lhe um sorriso e pensei: está feita a minha boa acção de escuteiro , por hoje …

-----------------------------------------------------------------------------------------------
POSFÁCIO …

Passados dias voltei a encontrá-La .

- Então ?... aos costumes, não dizes nada!
-Como posso dizer (?!); com a mingua de homens interessantes que por aí vai… atalhou …

-Não me digas …Então já todos comem de faca …?!…

-Pior ; “de faca e garfo” .E chegado ao caroço atiram-no fora ,ainda cheio de carninha …
---------------------------------------------------------------------------------------------

Este mundo está perigoso …E a distribuição horrível. Uns com tanto; e tantos só com o caroço…Ainda falam do capitalismo selvagem…

Ou será que é mesmo assim : as coisas murcham com o desbotar dos sentidos



ALADINO