quinta-feira, dezembro 22, 2005

NATAL 2005

NATAL TEMPO DE INCOMODIDADE





NATAL…



NOITE LIMPA,

DE PUREZA IMACULADA

NAS GENTES , NA ALMA… «CORRE» PARADA.

NO AMOR , E NA DOR ,

A INSENSIBILIDADE DESNUDADA

REFLETE O NEGRUME DO «PRESENTE», PASSADO,

ONDE SONHEI O MUNDO .TUDO!

HOJE PERPLEXO

OLHO E NÃO VEJO,

FALO …E ESTOU MUDO….


NATAL 2005

ALADINO